Uncategorized

Vitamina D: benefícios e como obter

A vitamina D é considerada um dos principais nutrientes presentes no nosso organismo, isso porque ela também é considerada um hormônio, apesar de não ter a sua produção igual aos outros hormônios.

Essa vitamina tem ações muito importantes no corpo humano, como por exemplo, é responsável por atuar no processo de reabsorção de cálcio pelos rins e assim ajuda a manter a saúde óssea.

Ela também regula a quantidade de fósforo disponível no organismo através de mecanismos que aumentam ou diminuem a absorção do mineral, o fósforo é parte da membrana de proteção das células.

Benefícios da Vitamina D:

A quantidade recomendada, em média, de vitamina D por dia é de até 10000 unidades. Os principais benefícios apresentados pelo consumo adequado de vitamina D são:

  • Atua na regulação da pressão arterial: a vitamina D controla a rigidez das artérias, ajudando a controlar o aumento ou a baixa na pressão arterial;
  • Ajuda no combate a depressão: A vitamina D está diretamente ligada aos níveis de outro hormônio denominado Paratireoide, esse hormônio tem ligação com o humor e a apatia.
  • Ajuda no desenvolvimento  adequado de adolescentes: os níveis de vitamina D adequados ajudam a diminuir a obesidade em adolescentes e ainda ajuda no amadurecimento de todo o organismo.

Como consumir a vitamina D:

A vitamina D dispõe de duas principais fontes de obtenção, a primeira é através dos raios UV em contato com a pele, esse contato ajuda na produção da vitamina D no organismo através do colesterol.

Essa é a forma mais eficiente de ajustar os níveis de vitamina D no organismo, ele representa quase 90% de toda vitamina D presente no corpo humano.

Para conseguir a produção de vitamina D por meio da exposição solar, basta deixar braços e pernas sob o sol por 15 minutos diários em horários antes das 10 das manhã ou após as 16h.

E a segunda é através da alimentação, para isso é preciso consumir produtos como peixes de águas frias, leite, ovos, cogumelos, fígado e mariscos.

Mas, ainda existe uma terceira opção indicada apenas para quem tem deficiência dessa vitamina e para seu ajuste, é o suplemento.

Ele deve ser consumido conforme orientação médica e apenas até que as taxas de vitamina D sejam ajustadas e a dieta seja alterada para que os níveis se mantenham dentro da normalidade.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *