Dicas de Saúde, Remédios

5 remédios caseiros para infecção urinária que funcionam de verdade

Se você já experimentou uma infecção do trato urinário, então você sabe que tipo de problemas ele traz. Os sintomas incluem desconforto na bexiga, sensação de ardor, cãibras, dor na bexiga ou no abdómen inferior, incapacidade de controlar a urina, etc. Para o tratamento, no entanto, é preciso ir além dos eventuais remédios antibióticos e anti-inflamatórios recomendados pelos médicos e adotar alguns remédios caseiros eficientes. Aqui, você conhecerá quais deles te ajudarão no tratamento.

infecção urinária

1. Água, água, água

Você deve estar bebendo um mínimo de 8 copos de água por dia. Isto é extremamente importante porque a água potável ajuda a remover os tóxicos, ajudando assim a curar a infecção. Você pode beber sucos de frutas também. Lembre-se de evitar álcool, bebidas gaseificadas e cafeína.

2. Aplique calor

O calor pode ajudar a curar problemas devido à infecção urinária. Você pode tomar um banho com quente (não quente!) água, ou tente aplicar um bloco de aquecimento na sua área inferior do abdómen, o que ajudará a diminuir a dor.

3. Vá ao banheiro toda vez que tiver vontade, sem esperar

Quando precisares de te aliviar, fá-lo! Mesmo que não saia nada, lembra-te que sempre que urinas, tiras um pouco mais da bactéria. Se o mantiveres, aumentas as hipóteses de as bactérias se desenvolverem e se multiplicarem. Mesmo que possa ser desconfortável, é importante urinar sempre que se pode.É muito importante que o seu trato urinário fique limpo.

4. Coma pepinos

Os pepinos têm uma grande quantidade de água, o que é uma ótima maneira de obter fluido extra através do seu sistema quando você se encontra tendo dificuldade em beber água suficiente. Você também pode incluir no seu cardápio laranja, melancia, melão, chás e sucos diuréticos.

5. Coma bastante alimentos anti-inflamatórios

O suco de arando está repleto de antioxidantes e potencial anti-inflamatório, o que ajuda a aumentar o sistema imunitário. Ele também contém alguns compostos que ajudam a eliminar microorganismos que causam a infecção urinária, portanto, vale a pena incluir no cardápio.

Remédios

Remédios naturais para baixar a pressão

As pessoas com pressão arterial elevada (hipertensão) muitas vezes precisam de vários medicamentos. Mas as mudanças de estilo de vida também podem reduzir, e talvez até eliminar a necessidade de drogas.
Muitas ervas e especiarias comuns têm propriedades de redução de açúcar no sangue que os tornam úteis para pessoas com ou com alto risco de diabetes tipo 2.

remedio natural apra pressao

Remédios naturais para baixar a pressão

As terapias à base de plantas que demonstraram, em alguns estudos, ter propriedades anti-diabéticas incluem::

  • Aloe vera
  • Extracto de mirtilo
  • Melão-de-São-Caetano
  • Canela
  • Feno
  • Gengibre
  • Quiabo

Apesar de que tais terapias são comumente usados em cultos tradicionais e medicina oriental para o tratamento de doenças graves como a diabetes, muitos especialistas em saúde, no ocidente, permanecem céticos sobre o seu comunicado de benefícios médicos.Na verdade, devido a certas ervas, vitaminas e suplementos podem interagir com medicamentos para diabetes (incluindo insulina) e aumentar a sua hipoglicêmico efeitos, muitas vezes é argumentado que o uso de terapias naturais, poderia reduzir o açúcar no sangue para níveis perigosamente baixos e aumentar o risco de outras complicações do diabetes.

Quaisquer que sejam as razões pretendidas para utilizar estas ervas específicas, deve sempre discutir os seus planos com o seu médico e a sua equipa de cuidados de saúde diabéticos em primeiro lugar para assegurar que são seguros para o seu estado e determinar uma dose adequada.

As ervas aromáticas e os derivados de plantas listados abaixo têm sido empregados tradicionalmente pelos povos nativos no tratamento da diabetes, nas áreas em que crescem.

Como usar o alho para baixar a pressão

Acredita-se que p alho oferece propriedades antioxidantes e efeitos microcirculatórios. Embora poucos estudos tenham associado diretamente o alho aos níveis de insulina e de glucose no sangue, os resultados foram positivos.

O alho pode causar uma redução da glucose sanguínea, aumentar a secreção e retardar a degradação da insulina. No entanto, os dados disponíveis são limitados, sendo necessários mais investigações.

Dicas de Saúde, Remédios, Saúde

A impigem é uma infecção na pele (micose) causada por fungos, que apresenta os seguintes sintomas: manchas avermelhadas com bordas que aumentam, coceira na pele, escamação na pele, pequenas vesículas de líquido claro que mais tarde se secam, amarelam ou ficam vermelhas.

As lesões causadas pela impigem são bem incomodas, mas você pode usar alguns remédios caseiros para ajudar no tratamento da doença. Lembrando que é sempre importante consultar um médico.

Vinagre de maçã

Com propriedades antibióticas e antimicóticas o vinagre de maçã é um bom remédio caseiro contra a impigem.

Modo de usar

Umedeça um pedaço de algodão com o vinagre de maça e passe sobre a lesão. Deixe secar naturalmente. Repita entre 3 e 5 vezes por dia.

Alho

Assim como o vinagre de maçã o alho possui propriedade antimicóticas, sendo indicado para o tratamento caseiro da doença.

Modo de usar

Descasque um dente de alho e corte-o em rodelas, e coloque sobre a impigem. Deixa agir durante toda a noite e retire pela manha. Repita todos os dias durantes uma semana.

Repolho

O repolho é indicado para acalmar o prurido causado pela lesão.

Modo de usar

Leva algumas folhas de repolho e depois amasse bem, até formar uma pasta. Passe essa pasta sobre a lesão, deixe no local por algumas horas, depois lave normalmente.

Açafrão

Por ser um anti-inflamatório natural o açafrão ajuda a secar as lesões da impigem.

Modo de usar

Faça uma pasta com um pouco de açafrão e vinagre de maça e coloque sobre a lesão. Use duas vezes por dia.

Babosa

A babosa é um ótimo remédio natural para diversos problemas na pele.

Modo de usar

Corte a babosa e passe o gel dela sobre as lesões, deixe secar naturalmente. Repitas várias vezes por dia.

Remédios

Remédios para dormir – Lista dos melhores

Com a rotina corrida que é exigida nos dias de hoje e o consequente aumento do estresse, cada vez mais pessoas têm buscado alternativas para conseguir ter uma boa noite de sono.

AS preocupações com as atividades do dia seguinte ou algum problema que precisa ser solucionado ou até mesmo questões de saúde influenciam essa falta de sono.

Por conta disso a procura por remédios para dormir vem crescendo e cada dia mais pessoas se tornam usuários frequentes desse método.

Existem diversas alternativas de medicamentos para dormir, podem ser drogas farmacêuticas ou alternativas naturais.

remedios para dormir

Remédios para dormir:

As principais classes de remédios usados para dormir são:

  • Antidepressivos:

O medicamento mais usado dessa classe é o Prozac, ele tem ação relaxante e calmante, esses efeitos podem ajudar aqueles que não conseguem dormir por preocupação ou pela agitação da rotina.

  • Benzodiazepínicos:

As opções mais usadas são Rivotril, Lexotan e Lorax. Esse é o grupo de medicamentos mais usado para combater a insônia e também a ansiedade.

  • Não benzodiazepínicos:

O mais utilizado nesse grupo é o Buspar, ele tem ação parecida com a dos benzodiazepínicos mas causa menos efeitos colaterais e menor dependência com o uso prolongado.

Esses medicamentos são considerados controlados pois precisam ser usados sob orientação médica.

Quando consumidos de maneira indiscriminada podem causar dependência, efeito rebote e até efeitos colaterais.

Alternativas naturais:

Existem diversas alternativas para quem sofre com o problema da falta de sono esporadicamente, algumas mudanças de hábitos podem te ajudar a acabar com o problema sem precisar usar qualquer tipo de medicação.

  • Chás:

Alguns chás têm ação calmante que podem ajudar a combater casos de insônia que acontecem pelo estresse do dia ou pela preocupação com o dia seguinte. Além dos efeitos das ervas, os chás são diuréticos e ajudam a controlar a pressão arterial.

Escolha opções como chá de camomila, chá de folha de maracujá, chá de maçã.

  • Meditação:

Já é comprovado que a meditação tem relação com o estado emocional, mas ela também influencia na quantidade de hormônio presente no organismo e ajuda a melhorar o foco e a concentração, além de relaxar todo o corpo e a mente.

  • Alimentação:

Manter uma alimentação saudável pode ajudar a controlar a falta de sono, refeições muito grandes ou com alimentos difíceis de serem digeridos podem afetar a qualidade do seu sono.

Consumir mais alimentos ricos em triptofano também ajuda a diminuir os quadros de insônia, esse aminoácido é o precursor da melatonina que é o hormônio do sono, ou seja, mais melatonina mais sono.

  • Suplementos:

Existe também suplementos que são comumente usados para combater a insônia, como por exemplo a melatonina, passiflora e a valeriana.

A melatonina é o hormônio responsável por indicar ao corpo que é hora de dormir, ela causa diminuição do ritmo cardíaco, relaxa o corpo e o prepara para a noite, sua reposição pode ajudar a aumentar a sensação e desejo de dormir.

A passiflora e a valeriana são substâncias naturais que tem efeito calmante e que quando consumidas em dosagem maiores, como no caso dos suplementos, podem ajudar efetivamente no aumento do sono.